A A | V Versículos

O Disfarce dos Gibeonitas

Josué 9:1-27

1 Todos os reis que viviam a oeste do rio Jordão, tanto os das montanhas como os das planícies, e também os reis de todo o litoral do mar Mediterrâneo até o Líbano ficaram sabendo disso. Estes eram os reis dos heteus, dos amorreus, dos cananeus, dos perizeus, dos heveus e dos jebuseus. 2 E todos eles se reuniram para guerrear contra Josué e o povo de Israel.

3 Quando os moradores da cidade de Gibeão, que eram heveus, ouviram falar do que Josué tinha feito com Jericó e com Ai, 4 resolveram enganá-lo. Pegaram comida e carregaram os seus jumentos com sacos velhos e com odres rasgados e remendados, cheios de vinho. 5 Calçaram sandálias velhas e remendadas e vestiram roupas bem gastas. E levaram para comer pão seco e bolorento. 6 Eles foram até o acampamento de Gilgal e disseram a Josué e a todos os homens de Israel:

— Nós estamos chegando de um país que fica bem longe daqui. Façam um acordo de paz com a gente.

7 Porém os homens de Israel disseram:

— Pode ser que vocês morem aqui por perto. Como é que podemos fazer um acordo de paz com vocês?

8 — Estamos prontos para ser seus empregados! — responderam eles.

— Quem são vocês? De onde vêm? — perguntou Josué.

9 Os gibeonitas responderam:

— Nós, os seus criados, somos de um país que fica muito longe e viemos até aqui porque ouvimos falar do Senhor, seu Deus. Ouvimos as notícias de tudo o que ele fez no Egito. 10 E também soubemos o que fez com os dois reis amorreus a leste do rio Jordão; a Seom, rei de Hesbom, e a Ogue, rei de Basã, que vivia em Astarote. 11 Os nossos líderes e toda a nossa gente nos mandaram preparar comida para viajar. Eles nos mandaram encontrar com vocês e dizer: “Estamos prontos para ser seus empregados! Façam um acordo de paz com a gente.” 12 E vejam só o nosso pão! Estava quentinho quando saímos de casa no começo da viagem. Mas olhem! Agora está seco e bolorento. 13 Quando enchemos de vinho estes odres, eles eram novos. Mas vejam! Agora estão rasgados. As nossas roupas e as nossas sandálias estão gastas por causa da longa viagem que fizemos.

14 Os homens de Israel aceitaram a comida deles, porém não pediram conselho a Deus, o Senhor. 15 Josué fez um acordo de paz com os gibeonitas, prometendo que não seriam mortos. E os líderes do povo de Israel juraram que cumpririam a sua palavra.

16 Três dias depois de feito o acordo, descobriram que aquela gente morava perto. 17 Tanto assim que os israelitas saíram do acampamento e três dias depois chegaram às cidades onde os gibeonitas viviam, isto é, Gibeão, Cefira, Beerote e Quiriate-Jearim. 18 Porém, por causa do juramento que os seus líderes tinham feito aos gibeonitas em nome do Senhor, o Deus de Israel, os israelitas não os mataram. E por isso todo o povo reclamou contra os líderes, 19 mas eles explicaram assim:

— Nós juramos em nome do Senhor, o Deus de Israel, e agora não podemos fazer nada contra os gibeonitas. 20 Por causa da nossa promessa temos de deixá-los viver; se não, Deus nos castigará. 21 Deixem que eles vivam; mas terão de cortar lenha e carregar água para nós.

Foi isso o que os líderes disseram.

22 Então Josué chamou os gibeonitas e perguntou:

— Por que vocês nos enganaram, afirmando que vinham de longe, quando vivem aqui mesmo? 23 E, já que vocês fizeram isso, de agora em diante vão viver debaixo do castigo de Deus. É do povo gibeonita que sairão sempre os escravos para cortar madeira e carregar água para a casa do meu Deus.

24 Eles responderam:

— Fizemos isso porque ficamos sabendo que o Senhor, seu Deus, havia ordenado ao seu servo Moisés que entregasse toda esta terra aos israelitas. E também ordenou a vocês que, conforme fossem avançando, matassem todos os seus moradores. Fizemos isso porque ficamos com muito medo de vocês, medo de sermos mortos. 25 Agora estamos nas suas mãos; faça de nós o que achar melhor.

26 Josué protegeu os gibeonitas e não deixou que fossem mortos. 27 Mas, daquele dia em diante, ele os obrigou a serem carregadores de água e rachadores de lenha para o povo de Israel e para o altar de Deus, o Senhor. E até hoje eles continuam fazendo isso, trabalhando no lugar escolhido por Deus para a sua adoração.

A Criação
Adão e Eva
Caim e Abel
O Grande Dilúvio
A Torre de Babel
Deus Chama Abraão
Sodoma e Gomorra
A Obediência de Abraão
Isaque se Casa com Rebeca
Os Direitos de Esaú
Isaque Abençoa Jacó
Jacó e Labão
Jacó Luta
Vingança contra Siquém
José na Prisão
José como Governador
Reencontro de Família
O Nascimento de Moisés
O Espinheiro em Chamas
As Dez Pragas
O Êxodo
O Mar Vermelho
O Bezerro de Ouro
Explorando a Terra
A Rebelião de Corá
Balaque e Balaão
Raabe e os Espiões
A Queda de Jericó
O Disfarce dos Gibeonitas
Débora e Baraque
Gideão como Juiz
A Ambição de Abimeleque
Sansão como Juiz
Rute, Noemi e Boaz
Nasce Samuel
Samuel, o Profeta
Saul se Torna Rei
A Bravura de Jônatas
A Desobediência de Saul
Davi Mata Golias
Davi e Jônatas
Nabal e Abigail
A Morte de Saul
O Sucesso de Davi
Davi e Bate-Seba
Amnon e Tamar
Absalão
A Sabedoria de Salomão
Jeroboão e Roboão
O Desafio de Elias
Deus Fala com Elias
Micaías, o Profeta
Carruagem de Fogo
Eliseu Cura Naamã
Fome e Descrença
Joás e Joiada
Ezequias Confia em Deus
O Reino de Josias
A Queda de Jerusalém
O Poder de Davi
O Censo de Davi
Josafá e Acabe
Esdras Reconstrói o Altar
Neemias Constrói a Muralha
Oposição Inimiga
A Justiça de Neemias
Ester Salva os Judeus
Jó é Testado
A Visão de Ezequiel
A Fornalha Acesa
A Cova dos Leões
Jonas
Nasce Jesus
Os Reis Magos e o Rei Herodes
Jesus é Tentado
Jesus Alimenta 5 Mil
O Pão da Vida
Jesus Caminha nas Águas
O Bom Samaritano
O Filho Perdido
Jesus Ressuscita Lázaro
Jesus e Zaqueu
A Entrada Triunfal
A Última Ceia
O Julgamento de Jesus
A Crucificação de Jesus
A Ressurreição de Jesus
Jesus' Ascension
Vem o Espírito Santo
A Coragem dos Apóstolos
Ananias e Safira
Felipe e o Eunuco
Saul Encontra Jesus
Pedro e Cornélio
Paulo em Corinto
Paulo em Éfeso
Paulo Vai para Roma